Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Fadas que curam

Em todos as encomendas pedidas, tem um sentimento por detrás delas Todo o meu trabalho segue com uma mensagem direccionada a quem vai recebe-lo. Sempre que me pedem uma fada pergunto característica da pessoa em questão, idade, o que faz, o que gosta com isso quase que  visualizo a pessoa, faço-lhe uma  radiografia, e transformo essa magia, na magia da fada para que essa fada seja especial e intensa.
Este foi um pedido de fada curandeira, uma fada luminosa, energizante, contaram-me a sua história, e dei cor à encomenda, escolhi as cores do chackra da raiz e do plexo solar (umbigo)  fui "buscar" os tons do sol e a lavanda para acalmar toda a alma, com esta fada reenergizante, ela voou para quem tinha que voar uma fada bem perfumada com óleo essencial lavanda `do terra`

´Onde a magia acontece!´

CasaMãe

E nasceu um novo projecto na minha vida Não podia ter outro nome, foi o primeiro que me surgiu e foi esse que acreditei CasaMãe é onde tudo nasce e tudo se cria, com muito amor! Feito à mão com lã 100 % natural * adereços para fotografias para recém-nascidos. * presentes para mimar seja quem for
Instagram: @casa.mae Facebook: CasaMãe


Comeste a sopa hoje??

Quando o tema é "ela não come"!

Bem, este é um dos temas que me acompanha desde que nasci, infância, adolescência e a fase adulta. Portanto é um tema que ainda lido mal.
Quando as pessoas, educadoras, auxiliares, avós, pai e mãe dizem "ela não come, é má para comer", alto lá... preocupo-me óbvio, fico insegura, sim, mas...

Nasceu mamou, amamentada em exclusivo até 6meses, iniciou a sopa e não lhe achou piada, viramos para o BLW, pais inseguros, achávamos sempre que o que comia não era o suficiente, mas o que é suficiente para ela? Ela lá saberá (eu tenho a filosofia, que bebês crianças sabem aquilo que precisam, e não somos nós adultos que sabemos). Li livros, falei com mães, com pediatra, ainda hoje. Sempre se manteve no seu percentil (baixo) e numa curva lenta, mas ao ritmo dela. Tem fases que come sozinha, outras ao colo, com ajuda, com música, a brincar,a...

Comia bem na escola agora não, come umas vezes bem em casa outras não. Falamos com ela, e acho que isso …

O cristal selenite

Desde criança que sinto curiosidade, um chamamento para algo mais esotérico, astros, signos, espiritualidade, por vezes até me sentia 'eu não pertenço a esta "família" /sociedade' (acho que até hoje sinto um pouco disso). Não, não sou nenhum alien, sou simplesmente uma pessoa mais sensível a certos temas e curiosa com outros e que vê a vida de modo diferente do comum, vejo a vida aos meus olhos, com a cor das minhas lentes, respeitando os outros ou tentando. Encontrei o Yoga uma prática onde evolui bastante, onde me conheci onde me auto-controlei e olhei para dentro.

Para mim, todos nós precisamos de olhar para dentro, porque tudo vem de dentro para fora... tudo. Procuro muita vez fora, com coisas externas, a casa, o carro, a pessoa X, mas... se cá dentro algo, precisa de ajuste, caminho, nada do que é externo está na ordem, nada.

Isto para falar do colar de selenite.... (o cérebro da mulher não é uma auto-estrada, vai sempre por outros caminhos, até chegar ao destin…

Grata todos os dias por te ter

Tu és sem dúvida a bênção e alegria do meu dia.
As tuas conversas de crescida deixam-me feliz, a tua malandrice faz-me gargalhadas, a tua inteligência assusta-me, o teu ar de crescida mete-me medo..
Ficamos com cara de parvos, quando eu e o pai te deixamos com os avós, despedimo-nos de ti e tu só nos disseste "diverte-te" ....(eu fiquei feliz, olhamos um para o outro e rimos, mas sei que ambos pensámos, estamos a fazer um bom trabalho, o importante está a chegar até ela, e a ser reproduzido no seu dia-a-dia, plantar sempre o amor); pedimos-te um beijo de amor, e lá vens tu (mais para o pai confesso, esta parte a mãe ja está a ficar aquém) esticas os lábios e colocas a cabeça de lado... como se vê nas novelas...ahahah.
Mas tudo no mesmo saco enche-me de gratidão e amor.

Viver no presente é sempre o meu foco, plantar e regar o amor é sempre o meu propósito de ensinamento, passar as bases para que sejas segura, firme, forte emocional e psicologicamente, o resto a vida resolve!…

A nossa cumplicidade

Esta retrata a nossa maior cumplicidade.
O olhar que se cruza é de um alimento rico em amor, carinho.
Não é um mar de rosas. Nem sempre sorrio. Mas com ela tento o melhor de mim. Quando o melhor de mim está pra chegar, ele vai chegando, cada vez que penso, paro, ouço e reflito, mais, tomo consciência que a melhor forma é aceitar, aceitar o aceitável.
Estes dias de febre, muito colo, muita maminha, muita tosse, comida zero, restou isto, esta imagem!! 💚

Dias de febre cá por casa

Sei que não é uma foto toda bonitinha para se ter num blogue... mas é a foto mais real da minha vida.

Tem um lado amoroso, fofo, como um lado de angústia e dor.
Ver nossos filhos doentes é daquelas sensações de impotência e ponto de interrogação... quando nem eu própria me sinto em condições, nem eu própria sinto o 'tico e o teco' a funcionar em condições, esta correnteza de emoções, mais parece os mares agitados que por aí andaram, assim me sinto eu... incompleta, insatisfeita e sem energia. Mas tenho que tê-la, ela precisa de mim, e eu estou aqui, e enquanto cá estiver, sou eu a sua mãe, sou eu o seu porto seguro e obviamente este é o papel que mais amo ter, o de mãe. Só preciso reorganizar alguns pontos.... (também temos as nossas coisas, não é verdade?)
Tudo cor de rosa não é uma verdade, na maternidade, é um mito gigante. Mas claro há mil e uma formas de encarar as coisas, interpreta-las, aceita-las e vive-las.
Por aqui resta-me aceitar a sua febre, o muito colinho, muit…